5 de fevereiro de 2021

Estou de volta, eu acho

Faz muito tempo desde que apareci aqui da última vez. Sendo sincera, nem me lembrava mais como abria a página para começar escrever. Muita coisa mudou no tempo em que estive fora, inclusive eu. Vocês que restaram provavelmente não se lembram de mim, e tá tudo bem, nem eu me lembraria. Mas sou eu, não mais a mesma de anos atrás, porém a melhor verão de mim para o hoje. 

Tenho muito a dizer e pouco tempo para tal, pois é, virei adulta... A vida adulta exige muito da gente, né? Estou tão atarefada que mal me sobra tempo para comer. Enfim, estou de volta, eu acho. E logo logo apareço por aqui novamente para ser lida por alguns ou, absolutamente ninguém. 

Ah, apaguei todas as minhas antigas postagens. Na verdade às coloquei no rascunho. Diziam muito sobre mim, porém nada diziam. No mais, sinto saudades disso aqui. 

23 de agosto de 2019

Até

sinto-me pronta.
se existir vida além do que se pode ver,
será que poderei ver o que posso ver hoje?
é curioso.
a gente nunca sabe o que nos espera depois da última batida
do último suspiro.
da última nota.
a vida
CONTINUA a ser uma surpresa
até quando termina.

uma piada.

não tenho mais tempo para rir dela.

uma pena.

ou talvez, não.

até.